Edson Mari
Colunista de Marketing & Vendas

Marketing & Vendas

Captação de Recursos Financeiros não reembolsáveis para Inovação Tecnológica

                                         

Inovar ou morrer é uma célebre frase muito aplicada ao mundo empresarial!

A inovação tecnológica tem sido um dos fatores de desenvolvimento econômico dos países de primeiro mundo e isto não é diferente no Brasil. Empresas que investem em inovação desenvolvem diferencial competitivo perante seus concorrentes e conquistam outros ganhos como redução de custos, otimização de processos de produção, potencialização de resultados e reconhecimento da marca.

A subvenção econômica à inovação é um dos principais instrumentos de política de governo largamente utilizado em países desenvolvidos para estimular e promover a inovação, sendo operado de acordo com as normas da Organização Mundial do Comércio – OMC. No Brasil, a concessão destes recursos é operacionalizada pela FINEP, agência do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT).

A Finep está disponibilizando recursos financeiros através da apresentação de propostas. Além da FINEP, estes recursos são disponibilizados pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPQ, sempre através de editais públicos.

Empresas brasileiras com projetos inovadores podem se candidatar a estes recursos.

A exigência básica para participação são projetos que desenvolvam um produto, processo ou serviço inovador como resultado final. A maior dificuldade encontrada pelas empresas está na identificação da inovação e na elaboração dos projetos, principalmente no preenchimento dos formulários exigidos e elaboração do Plano de Negócios.

Para facilitar o entendimento, inovação corresponde à introdução no mercado de um produto ou processo novo ou significativamente melhorado. A inovação pode ser baseada em novos desenvolvimentos tecnológicos ou em novas combinações de tecnologias existentes.

Podemos caracterizar a inovação como radical ou incremental. Inovação radical é a introdução de um novo produto ou processo inteiramente novo no mercado. Este tipo de inovação representa uma ruptura no padrão tecnológico anterior. Exemplo, o processo de geração de energia eólica em relação a outras tecnologias de geração de energia. Já a inovação incremental procura melhorar os sistemas existem, tornando-os mais baratos, melhores, mais rápidos.

 


A inovação pode ocorrer através de vários aspectos:


 

•    Inovação do produto: introdução no mercado de novos ou significativamente melhorados, produtos ou serviços. Inclui alterações significativas nas suas especificações técnicas, componentes, materiais, software incorporado, interface com o utilizador ou outras características funcionais;

•    Inovação do processo: implementação de novos ou significativamente melhorados, processos de produção ou logística de bens ou serviços. Inclui alterações significativas de técnicas, equipamentos ou software;

•    Inovação organizacional: implementação de novos métodos organizacionais na prática do negócio;

•    Inovação de marketing: implementação de novos métodos de marketing, envolvendo melhorias significativas no design do produto ou embalagem, preço, distribuição e promoção.

No que tange a elaboração dos projetos, as entidades financiadoras disponibilizam os editais e formulários bastante complexos e sugere-se que as empresas busquem assessoria especializada para a elaboração dos mesmos. Geralmente as empresas não possuem profissionais especializados na elaboração de Planos de Negócios e acabam deixando de captar estes recursos pela dificuldade em atender as demandas exigidas pelos editais.

Segundo dados obtidos no site http://www.finep.gov.br, a FINEP acaba de lançar um pacote de quatro editais com um total de R$ 144 milhões em recursos de subvenção econômica, não reembolsáveis (que não precisam ser devolvidos), para empresas de qualquer porte nas seguintes áreas: nanotecnologia, biotecnologia, Tecnologias da

Informação e Comunicação (TICs), construção sustentável e saneamento ambiental.

Os interessados devem mandar suas propostas até o mês de maio de 2013, conforme o cronograma específico de cada edital.

A área com mais recursos é TICs, que dispõe de R$ 60 milhões para o desenvolvimento de produtos ou processos inovadores que envolvam significativo risco tecnológico, associados a claras oportunidades de mercado. Os temas apoiados serão: computação em nuvem; petróleo, gás e mineração; defesa cibernética; componentes, dispositivos semicondutores e eletrônicos; e aeroespacial. As propostas podem ser enviadas até 7 de maio.

Nanotecnologia tem R$ 30 milhões para o desenvolvimento de produtos ou processos inovadores que envolvam risco tecnológico.

Serão apoiados projetos relacionados a plásticos e borrachas (R$ 12 milhões); papel e celulose (R$ 10 milhões); e higiene pessoal, perfumaria e cosméticos (R$ 8 milhões). O prazo para envio de propostas é 16 de maio.

A área de construção sustentável e saneamento ambiental também dispõem de R$ 30 milhões. O prazo para envio de propostas é 13 de maio de 2013.

Biotecnologia tem R$ 24 milhões para projetos de inovação em produtos com aplicação nas áreas de cosmética a partir da biodiversidade brasileira, agronegócio e saúde animal. O prazo é 9 de maio de 2013.

Participe dos editais, os recursos estão disponíveis e são facilmente captados através da elaboração de projetos.

 

 

Madeleine Schein
Especializada em Inteligência Competitiva e Captação de Recursos Financeiros
Mestre em Administração e Negócios pela PUC-RS
Presidente do Comitê Regional de Cachoeirinha/RS - PGQP
Schein Gestão Empresarial - www.schein.srv.br




REBG
Edição Margarete Fraga
Créditos artigo Madeleine Schein

Alexandre Neves oferece casa dos seus sonhos
Alexandre Neves oferece casa dos seus sonhos

17.03.2014

                              Alexandre Neves Oferece:     CASA CHÁCARA DAS PEDRAS PORTO ALEGRE/RS                DESCRIÇÃO Casa 3 dormitórios, bairro Chácara das Pe
VENDAS: MAGIA OU ENCANTAMENTO?
VENDAS: MAGIA OU ENCANTAMENTO?

13.08.2013

Encante seus clientes e aumente seus resultados A venda é um ato mágico, o vendedor não tira coelhos da cartola, mas deve ter “truques” para levar soluções que resolvam as necessidades e desejos do cliente. OBJETIVO Levar os participantes a uma reflexão profunda sobre suas atitudes
Descobrindo o real potencial da internet
Descobrindo o real potencial da internet

16.07.2013

                 PALESTRA: O FENÔMENO DAS REDES SOCIAIS                              Fornecer aos participantes uma visão detalhada e objetiva do universo das Redes Sociais, b
Marketing Digital na era da Comunicação
Marketing Digital na era da Comunicação

19.06.2013

             As mudanças no mundo dos negócios têm ocorrido numa velocidade impressionante. Alguns dos principais motivos são: acirrada concorrência, avanço na tecnologia da informação e mudanças no perfil comportamental dos clientes. Hoje, temos um alar
Asbrav promove evento dia 18 de junho, participe !
Asbrav promove evento dia 18 de junho, participe !

16.06.2013

Asbrav promove evento dia 18 de junho às 19h. com o tema Marketing Digital - Venda Mais com a Internet.  As inscrições estão abertas, veja maiores detalhes.   
O Sucesso está ao seu Alcance !
O Sucesso está ao seu Alcance !

08.06.2013

Captação de Recursos Financeiros não reembolsáveis para Inovação Tecnológica
Captação de Recursos Financeiros não reembolsáveis para Inovação Tecnológica

13.05.2013

                                          Inovar ou morrer é uma célebre frase muito aplicada ao mundo empresarial!A inovação tecnológica t
O segredo Para o sucesso da Empresa, depende somente do  empreendedor !
O segredo Para o sucesso da Empresa, depende somente do empreendedor !

06.05.2013

                  Quebrar paradigmas é sempre um desafio, independentemente do que seja. De um lado está o convencional, o pensamento linear, no qual o mercado já está acostumado e, do outro, o espírito criativo, a inovação, a mudança de comport

© Copyright 2011 - Todos os Direitos Reservados - Revista Espaço Brasil Gente
Desenvolvido por: