Sob vais Dilma declara iniciada a Copa das Confederações 2013, sem discurso

        

Sob vaias, o presidente da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Joseph Blatter, e a presidenta Dilma Rousseff declararam iniciada oficialmente a Copa das Confederações 2013, que terá partidas em seis cidades brasileiras: Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador. Diante da reação do público, Blatter chegou a pedir fair play (que significa jogar limpo, ter espírito esportivo) à torcida. "Amigos do futebol brasileiro, onde está o respeito e o fair play, por favor?". Em seguida, a presidenta Dilma declarou aberta a competição.

Antes da partida, os torcedores que chegaram mais cedo ao estádio acompanharam a cerimônia de abertura da Copa das Confederações. Iniciado pontualmente às 14h25, o show durou 20 minutos e contou com várias apresentações. Porém, menos da metade da torcida havia chegado para ver o espetáculo.

Além de frases de boas vindas em vários idiomas e contagem regressiva em um grande mosaico humano formado no campo, voluntários vestidos com roupas típicas das oito nações que participam da competição (Brasil, Japão, Uruguai, México, Nigéria, Taiti, Espanha e Itália) agitaram o público.


O Brasil estreou na Copa das Confederações com vitória

Com um público de 67.423 torcedores aplaudiu a seleção brasileira ao fim da primeira partida no Estádio Nacional Mané Garrincha. Com gols de Neymar, aos três minutos do primeiro tempo; Paulinho, aos três minutos do segundo tempo, e de Jô, aos 47 minutos, a seleção canarinho derrotou o Japão por 3 x 0.

No segundo tempo, o técnico Luiz Felipe Scolari aproveitou o placar de 2 x 0 para fazer substituições. Neymar saiu para a entrada de Lucas, Hernanes substituiu Hulk e Jô, o autor do terceiro gol, entrou a dez minutos do fim da partida no lugar do atacante Fred.


REBG

Margarete Fraga  


© Copyright 2011 - Todos os Direitos Reservados - Revista Espaço Brasil Gente
Desenvolvido por: